A cidade, a noite e tu

Todas nuas nos meus braços
a cidade, a noite e tu
a vossa claridade ilumina-me o rosto
e há ainda o perfume dos vossos cabelos.
A quem pertence este coração que bate ?
acima do murmúrio das nossas respirações palpitantes
será a tua voz, a da cidade, a da noite
ou a minha ?
Onde acaba a noite, onde começa a cidade
Onde acaba a cidade, onde começas tu~

Onde está o meu fim, onde está o meu princípio?

Nâzim Hikmet

Sem comentários:

Publicar um comentário