Festival IndieLisboa


«Existe na parte mais ocidental da Ibéria, um povo muito estranho: não se governa, nem se deixa governar!»

General Galba, um dos primeiros governadores romanos na península, 
Séc.III AC

Começa assim e vale a pena ver:

Barba
Paulo Abreu

Exibições ainda a  1 Maio, 21:30, Cinema São Jorge, Sala 3
Secções: Cinema Emergente, Competição Nacional
Ficção, Portugal 2011, 22', 8 Mm, Silent
Argumento: Paulo Abreu
Fotografia: Paulo Abreu
Música: Vitor Rua
Montagem: Paulo Abreu
Com: André Gil Mata, Frederico Lobo, Jorge Quintela, Pedro Bastos
Produtor: Rodrigo Areias
Produção: Bando à Parte
 
 
 
'Um chico-esperto, um sonhador, um simplório e um preguiçoso vivem em comunidade numa era pré-civilizacional. O realizador mostra com pessimismo e humor que o homem é um ser que permanece igual a si próprio, independentemente das mudanças que origina no mundo. E tem um final...' (Miguel Valverde)

Sem comentários:

Publicar um comentário