Poesia às Quintas – com Miguel Martins 
 
4ª sessão – Bar a Barraca – 08/11 - 22.30h
(entrada livre)

Por encomenda da Dra. Rosa Guimarães, que trará ao evento uma turma liceal (que ou se porta bem ou vai para casa dizer aos avós que também já conhece a palmatória), esta semana toca a Fernando Pessoa sofrer tratos de polé às mãos do mefistofélico diseur Miguel Martins, acabadinho de chegar de uma tournée que passou por Conakry, Bissau e Moimenta da Beira, com audiências da ordem dos 0 (zero) espectadores (ou espetadores, como, graças à palhaçada vigente, agora se escreve).
A função será, pela segunda vez, abrilhantada pelo génio guitarrístico de Filipe Homem Fonseca (a metade menos obesa dos Cebola Mol, não obstante as constantes visitas do Eduardo ao Dr. Tallon).
Fonseca, que, de algum tempo a esta parte, ganhou hábitos epífitos, descerá do topo da sua araucária favorita para nos maravilhar com algumas das mais belas melodias de sempre, um pouco à maneira de Mantovani, Burt Bacharach, Liberace ou Jimi Hendrix. Em suma, será uma pândega do camandro!
Quem não aparecer deixará uma ferida insanável nos nossos corações, semelhante à que o Dr. Sampaio, em boa hora, inflingiu ao Dr. Santana Lopes.

Sem comentários:

Publicar um comentário